Patologista mais influente do mundo é portuguesa

Fátima Carneiro, directora do serviço de Anatomia Patológica do Centro Hospitalar São João (CHSJ), é portuguesa, com mais de 30 anos de carreira, e foi eleita a patologista mais influente do mundo.

A patologista foi eleita entre 100 especialistas. É a segunda vez que um cientista português recebe a maior distinção da área. O primeiro a ser eleito foi Sobrinho Simões.

Fátima Carneiro é autora de mais de 250 artigos científicos e contribuiu para o desenvolvimento de muitos capítulos de livros de especialidade.

Conta já com uma carreira recheada de participações em projetos internacionais, foi presidente da Sociedade Europeia de Patologia (2011-2013) e, em Portugal, coordenou a Rede Nacional de Bancos de Tumores (2008). Actualmente, preside à Academia Nacional de Medicina Portuguesa.

Natural de Angola (1954), Fátima Carneiro licenciou-se em Medicina pela FMUP em 1978. Actualmente, a professora catedrática da FMUP é, também, directora do Serviço de Anatomia Patológica do Centro Hospitalar São João.

Comentários

Talvez seja do seu interesse...