Pedófilo português que estava em fuga há 15 anos detido em Espanha

A Guardia Civil espanhola deteve hoje um português com 79 anos que se encontrava em fuga desde 2002, após ter sido condenado por abusos a uma menor.

A imprensa espanhola adianta que o português residia em Badajoz há 15 anos com uma identidade falsa, e foi detido quando tentava renovar a carta de condução.

O cidadão português encontrava-se escondido em Badajoz, Espanha, desde 2002, ano em que foi emitido um mandado de detenção europeu por ter abusado de uma menor.

Em janeiro, a Guardia Civil conseguiu informações de uma eventual ação fraudulenta de uma pessoa de nacionalidade portuguesa que residia em Badajoz, que pretendia renovar a carta de condução com documentos oficiais falsificados.

O homem acabou detido a 18 de fevereiro, e foi possível atestar que o se encontrava em fuga desde 2002 depois de ter sido condenado a três anos e oito meses de prisão por abusos a uma menor.

Será presente a juiz de instrução criminal já nesta sexta-feira. A extradição para Portugal para o cumprimento da pena a que ainda está sujeita, será avaliada posteriormente.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...