Portuguesa que perdeu o marido no massacre em Sri Lanka já regressou a Portugal

35 pessoas de nacionalidade portuguesa contactaram os serviços consulares nacionais após os ataques ocorridos no passado domingo no Sri Lanka. Todas afirmam estar bem.

De acordo com fonte da secretaria de Estado das Comunidades, a cidadã portuguesa que perdeu o marido na sequência dos ataques ocorridos no domingo no Sri Lanka, já regressou a Portugal.

“O Estado português prestou apoio consular à cidadã através da ação da cônsul honorária de Portugal em Colombo e da embaixada em Nova Deli. Apoiou também o seu regresso a Portugal e na ocasião da sua chegada ao país”, adiantou a mesma fonte.

O processo de trasladação do corpo do marido, que perdeu a vida no ataque ao hotel Kingsbury onde o casal estava alojado, em Colombo, “está a ser acompanhado pelo Estado português, em diálogo com a família”.

Segundo a secretaria de Estado das Comunidades, 35 portugueses contactaram os serviços consulares nacionais após os atentados ocorridos no domingo, no Sri Lanka, para dizerem que estão bem e transmitir informações sobre a sua intenção de regressar a Portugal ou permanecer no país asiático.



Comentários

Talvez seja do seu interesse...