Portugueses vão pagar 2,15 Mil Milhões de Euros para o Novo Banco

Foi apresentado pelo Governo esta segunda-feira, dia 15 de abril, o Programa de Estabilidade que inclui uma injeção de capital de 1.149 milhões de euros este ano, à qual se acrescentam outros mil milhões que serão distribuídos pelo ano de 2020 e 2021.

No documento, disponível na plataforma online da Assembleia da República, o Governo apresenta uma tabela de medidas temporárias e não recorrentes em que se confirmam os 1.149 milhões de euros pedidos pelo Novo Banco ao Fundo de Resolução para 2019 e apresenta uma previsão de 600 milhões de euros para 2020 e 400 milhões para 2021, totalizando os 2,15 mil milhões de euros até 2021.

No dia 1 de fevereiro, na apresentação de resultados de 2018 do Novo Banco, a instituição liderada por António Ramalho confirmou que iria pedir 1.149 milhões de euros ao Fundo de Resolução. Em 2018, para fazer face a perdas de 2017, o Novo Banco já tinha recebido uma injeção de capital de 792 milhões de euros do Fundo de Resolução.

O Fundo de Resolução é uma entidade financiada pelas contribuições dos bancos do sistema, mas está na esfera do Estado e é gerido pelo Banco de Portugal.



Talvez seja do seu interesse...