Professor e a sua esposa.

Um assistente de ensino morreu poucos dias depois de ter sido atingido na cabeça por uma cadeira atirada por um aluno da escola de necessidades especiais em que trabalhava.

Pai de três filhos, Lee Sims, 31, foi atingido na cabeça na semana passada. Sims ainda voltou para casa depois de ser atingido, mas foi encontrado sem vida na manhã de domingo.

A autópsia deverá esclarecer se a agressão que ocorreu na escola está relacionado com a morte do professor.

Sims trabalhou como profissional de apoio especial na Ysgol Bryn Castell em Bridgend, no sul do País de Gales, uma escola especial para 147 alunos dos 7 aos 19 anos.

A escola foi encerrada enquanto se realizava uma investigação.

O conselheiro de Bridgend, Charles Smith, disse: “Houve um incidente com um aluno no início da semana e o professor morreu mais tarde.”

“A nossa primeira preocupação é o bem-estar da família do professor. Os alunos estão a receber o devido apoio.”