Rosa Grilo usou telemóvel do triatleta Luís Grilo para iludir amigos

A 16 de julho, na segunda feira em que o triatleta já teria sido assassinado, pela Rosa e o amante, foram enviadas mensagens para um grupo de amigos do engenheiro informático.

Ao que indica, terá sido a viúva que o fez para iludir os amigos e desviar as atenções.

Ao que o Correio da Manhã conseguiu apurar, as mensagens foram enviadas entre a manhã e as 16h00 do dia 16 de julho. Quando Rosa participou o desaparecimento, teria indicado que o seu marido tinha ido treinar pelas 16h30, por isso os amigos e colegas da equipa de triatlo ‘Wikaboo’ que receberam as mensagens num grupo de WhatsApp, não estranharam.

Dois dias mais tarde do desaparecimento, foi encontrado uma bolsa de plástico usada para treinar, com o telemóvel, uma cópia do cartão de cidadão, e uma nota de 20 euros. Os objetos teriam sido ali plantados pela Rosa Grilo para despistar a PJ.

 

Comentários

Talvez seja do seu interesse...