Conheça os mergulhadores responsáveis pelo resgate das crianças na gruta

Os rapazes e o treinador foram encontrados pela primeira vez na gruta por um mergulhador britânico, no entanto, o trabalho para retirar de la todos os rapazes foi uma extraordinária operação em equipa que envolveu profissionais e voluntários de todo o mundo.

O resgate contou com vários mergulhadores da marinha tailandesa. Um deles era Saman Gunan, ex-mergulhador da marinha que perdeu a vida na sexta-feira numa das passagens estreitas da gruta.

John Volanthen e Richard Stanton

Richard e John foram chamados pelas autoridades tailandesas, juntamente com Robert Harper, que é um especialista em espeleologia, a ciência que estuda as grutas. Os três chegaram três dias após o grupo se ter dado como perdido. John Volanthen, ex-bombeiro e consultor de tecnologias da informação, foi a primeira voz que os rapazes encurralados ouviram na gruta depois de nove dias presos.

Richard Harris

Richard Harris, um mergulhador com 3 décadas de experiência, foi um dos mais importantes na operação toda, pois ao mesmo tempo que estava como mergulhador, também é médico e examinou a saúde dos rapazes na caverna. Só depois do australiano ter dado luz verde é que começaram as operações de resgate.

Richard já conta com muita experiência de mergulho, e apesar de ser médico anestesista, também é especializado em medicina de expedição e operações de recuperação.

Thai Navy Seals

As forças tailandesas também se fizeram sentir bem presentes no local. Entre eles, é de salientar Pak Loharnshoon, médico, e três mergulhadores que não foram identificados mas que se ofereceram para ficar com os jovens após terem sido encontrados na gruta.

Pak foi visto num vídeo viral do Facebook a cuidar das feridas de um dos rapazes encurralados.

Saman Guman

Saman Guman era um ex-mergulhador da marinha tailandesa, voluntariou-se para ajudar no resgate dos rapazes. Numa das passagens estreitas da gruta acabou por perder a vida por falta de oxigénio. A missão principal dele era entregar oxigénio às crianças presas na gruta.

O seu parceiro ainda o tentou reanimar mas não foi a tempo. Ele tem sido reconhecido como um verdadeiro herói por causa de quem era e da maneira como vivia, sempre disposto a ajudar os outros e a fazer serviços de caridade, segundo o que esposa contou à BBC.

Ben Reymenants

Ben é um Belga que tem uma loja de mergulho em Phuket. Pensa-se que fez parte do primeiro grupo que encontrou os jovens pela primeira vez.

Claus Rasmussen

O dinamarquês que vive na Tailândia é instrutor em várias escolas de mergulho. Já mergulhou em toda a Ásia e trabalhou em vários países no Sudeste Asiático.

Mikko Paasi

Mikko especializou-se em mergulho técnico e é fundador de um centro de mergulho numa ilha pequena tailandesa de Koh Tao. No dia em que os rapazes foram encontrados, a esposa de Mikko escreveu no facebook que havia comprado um bilhete de avião para o marido ajudar nos esforços de resgate, no dia em que celebravam o oitavo aniversário de casamento.

Ivan Karadzic

Ivan dirige um centro de mergulho juntamente com o parceiro Mikko. Ivan chegou a contar à BBC o medo que teve ao ver a primeira criança na cave, sem saber se era uma vítima ou uma criança viva.

Erik Brown

Erik Brown, é um instrutor de mergulho do Canadá, Vancouver. Já mergulha há mais de uma década e fundou uma escola de mergulho técnico no Egito, a Team Blue Immersion. Na terça-feira escreveu nas redes sociais que mergulhou sete vezes em nove dias e que acumulou mais de 63 horas dentro das águas escuras das cavernas de Tham Luang.

Comentários

You may also like...